DestaquePelotasRio Grande do SulSul RS

Confira a programação da Parada da Diversidade de Pelotas

Neste domingo, 24 de novembro, o largo do Mercado Central de Pelotas será, mais uma vez, o palco da Parada da Diversidade. Das 14h às 22h, milhares de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros (LGBT) e heterossexuais simpatizantes à causa devem circular pelo Largo Edmar Fetter para assistir às apresentações artísticas e participar das atividades culturais do movimento que luta pela aceitação e inclusão de todos os gêneros e sexualidades na sociedade.

Nesta sexta-feira (22), às 18h30, ocorre a abertura da exposição “50 anos de ação de Stonewall”, organizado pelo Nuances (POA), UFRGS, Também, Nugen e Instituto de Ciências Humanas (ICH) da UFPel. Na sala Frederico Trebbi, hall de entrada do Paço Municipal, a exposição pode ser visitada até 13 de dezembro, das 13h às 18h.

Stonewall era o nome do bar gay que foi atacado pela polícia de Nova York, dando nome à marcha de seis dias, que começou em 28 de junho de 1969. Em junho desse ano, ocorreu o Stonewall 50 – WorldPride NYC 2019, uma série de eventos e celebrações LGBTQ em celebração pelo 50º aniversário dos motins de 1969. Também foi primeira vez que o WorldPride foi realizado nos Estados Unidos.

Sábado de atividades
Quatro eventos movimentam o sábado (23) da Semana da Diversidade. Confira:

  • 10h – Mercado Central – saída do trio elétrico para divulgação nos bairros
  • 11h – Mercado Central – Caminhada de divulgação da Parada da Diversidade, indo em direção à esquina Travesti Juliana Martinelli (Santa Tecla esquina Doutor Cassiano)
  • 14h – Faculdade de Direito/UFPel – Palestra com Tathiane Araújo sobre políticas públicas e saúde LGBT+, organizado pela LGBT Socialista/DCE UFPel
  • 19h – Cinefancha “Vovó, a senhora é lésbica?”, à rua Padre Anchieta, 949. Organizado pela Casa Cultural Las Vulvas.

Na noite de domingo (24), após a Parada da Diversidade, tem Festa Pós Parada, na The Way, à rua Quinze de Novembro, 34.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo